Erros Geniais que Mudaram o Mundo

Mario Livio

De Darwin a Einstein: como os erros de grandes cientistas melhoraram a nossa compreensão da vida e do Universo 18,50€ Comprar *Será redirecionado para a loja online da Editorial Presença

Autor

Mario Livio

Mario Livio (Roménia, 1945) é astrofísico e membro do Space Telescope Science Institute, a agência encarregada de...

Ler mais

DETALHES

ISBN: 978-989-75-4378-4
Nº PÁGINAS: 336
FORMATO: 155x233mm

SINOPSE

A teoria da evolução mudou para sempre a maneira como pensamos sobre a vida na Terra, mas o majestoso edifício construído por Darwin não foi exatamente uma viagem em linha reta do mito à ciência; funcionou na realidade quase por milagre - entre erros, equívocos e imprecisões - pelo menos até às descobertas de Mendel sobre os mecanismos da herança biológica. A cometer erros, no entanto, Darwin estava em ótima companhia. Lorde Kelvin, um dos maiores cientistas da segunda metade do século XIX, argumentou perentoriamente que a Terra não poderia ter mais do que alguns milhões de anos; Linus Pauling, fundador da biologia molecular e duas vezes vencedor do Prémio Nobel, propôs um modelo completamente errado de ADN porque temia ser atacado pelos colegas; o astrofísico Fred Hoyle batizou o «Big Bang» sarcasticamente porque não acreditava que a explosão tivesse dado origem ao Universo (mas era ele que estava errado). O próprio Einstein queria elaborar uma teoria geral das forças da natureza sem ter em conta a mecânica quântica, simplesmente porque nunca a tinha estudado. «Um homem de génio não comete erros. Os seus erros são voluntários e são portais de descoberta», disse o Ulysses de Joyce e é o que nos recorda Mario Livio neste novo ensaio; uma viagem ao coração do pensamento científico através dos deslizes de cinco mentes sublimes induzidas em erro pela vaidade, ambição ou excessiva autoconfiança.

RELACIONADOS